Eu vejo a natureza do Rio de Janeiro e penso: maravilhosa. Eu vejo a cidade do Rio de Janeiro e penso: horrorosa

Eu amo o Rio de Janeiro. Eu tenho pavor do Rio de Janeiro. Mas caros leitores, entendam: o meu pavor tem + a ver com repugnância do que com medo. Como quando vejo baratas, e ratos.

Talvez porque dinheiro sujo e acordos obscenos me remetam a lugares escuros e imundos, onde baratas e ratos proliferam.

Não que eu não tenha medo quando me imagino viajando pelo Rio de Janeiro.

Hoje, quando penso em praia, no Rio de Janeiro eu vejo arrastão e poluição. Quando penso em por do sol no Rio de Janeiro, vejo que chegou hora de ficar apreensiva com a chegada da noite, onde tudo pode acontecer.

Como na noite passada, quando 4 pessoas em pontos distintos da cidade foram executadas. Uma dessas pessoas, ao lado do seu motorista, era uma vereadora que lutava para fazer do Rio de Janeiro um lugar… menos terrível?

Rio de Janeiro Corrupção

O que dizer diante de tanto horror?

Que o Rio de Janeiro é uma cidade politicamente incorreta, corrupta e ineficaz? Isso todo mundo já sabe.

O que dizer diante de tanto horror:

O Rio de Janeiro para o turismo, costuma ser um medidor, um retrato em menor escala do Brasil.

O Brasil é um retrato, em maior escala, do Rio de Janeiro.

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

code