De Lake Charles até aqui foram quase 3 horas de viagem num percurso cinematográficoBanner Frontur

Diário de Viagem, 3 de outubro de 2018

Depois de aterrissar em Orlando, na Flórida; voar e visitar Houston, no Texas; conhecer Lake Charles (LA) eu cheguei hoje em Baton Rouge, a charmosa capital da Louisiana (EUA).

Foram quase 3 horas de viagem, num percurso cinematográfico. Em certos trechos, a estrada se transformava em duas imensas e longuíssimas pontes paralelas – cada uma com 2 pistas para os carros que iam e viam. Abaixo delas estavam os belíssimos bayous, os famosos pântanos do Sul dos Estados Unidos. Ver esse tipo de eco-sistema, assim do alto foi o ponto alto da estrada.

Assim que entrei em Baton Rouge, segui direto para o escritório do escritório do Visit Baton Rouge, responsável pelo turismo local. Lá me encontrei com o John, guia local, e partimos para o walking tour.

Civil Rights Trail Baton Rouge

Conhecedor da história da cidade, John, guia local, me levou em um walking tour para conhecer os cenários + marcantes da capital da Louisiana (Fotos: Claudia Tonaco)

Durante aproximadamente 3 horas de caminhada o John me apresentou um panorama do Centro da cidade e contou muitas histórias pelo caminho.Banner Hertz1

Em Baton Rouge fiz o 1º contato com a Civil Rights Trail

E foi dentro do Capitol Park Museum que eu tive o primeiro contato com a história dos Direitos Civis na região.

Civil Rights Trail Baton Rouge

Os jardins do Capital Park Museum, com o prédio ao fundo

Foi exatamente na cidade de Baton Rouge que os afro americanos fizeram o 1º boicote de ônibus – bus boycott – bem sucedido no país.

Imagine: os afro americanos pagavam caro pela passagem de ônibus e só podiam viajar em pé ou sentados nos bancos ao fundo do veículo.

O 1º Bus Boycott bem sucedido

Foi aí que a Associação para o Avanços das Pessoas de Cor, fez um chamado pedindo a união dos negros para começarem o boicote. Quem aderiu ao protesto entrava em um sistema de caronas. Os poucos negros, proprietários de carros, compraram a causa e começaram a levar as pessoas para o trabalho e outras atividades.

Civil Rights Trail Baton Rouge

Uma das galerias do museu é dedicada a contar a história da luta pelos Direitos Civis no estado

Todos deram uma cota de sacrifício próprio para manterem o boicote e, em apenas 2 dias, veio o resultado: as empresas de ônibus constataram que iriam falir se o boicote continuasse. Foi quando os donos das linhas de ônibus recapitularam e aceitaram as condições dos afro americanos.

Ao final do passeio segui para o meu hotel, na verdade um dos mais charmosos Bed & Breakfast dos quais já me hospedei.

Banner ITA Seguro Viagem

Notícias Relacionadas

TRILHA DOS DIREITOS CIVIS – CHEGADA EM LAKE CHARLES, NA LOUISIANA

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

code