Ao todo, serão 25 unidades dos modelos A350-900 e 25 do B787-90

Para suprir a necessidade da aquisição de aeronaves de fuselagem larga, a Turkish Airlines decidiu comprar 50 destes modelos. Além disso, são 10 opcionais, um total de 60 unidades. Em 2019, 6 delas serão entregues. Em 2020 serão 14, 10 em 2021, 12 em 2022, 11 em 2023 e 7 em 2024. Deste total, 30 serão da Boeing, o B787-9, e 30 da Airbus, sendo o A350-900.

A Companhia assinou um MoU (Memorandum of Understanding – Memorando de Entendimento) com a Airbus em janeiro. Evento ocorreu no Palácio Élysée, em Paris, durante a visita oficial de seu presidente turco Recep Tayyip Erdoğan ao presidente francês Emmanuel Macron. A Boeing e a Turkish Airlines anunciaram o compromisso de encomendar 787-9 Dreamliners em 2017.

De acordo com M. İlker Aycı, Presidente do Conselho e do Comitê Executivo da Turkish Airlines: “Estamos satisfeitos ao concluirmos este processo de aquisição das aeronaves, um marco não só para a Turkish Airlines, mas também para a aviação da Turquia. Esses acordos transformaram-se em importantes aquisições de aeronaves de fuselagem larga (wide body aircraft), que suprirão as necessidades da Companhia ao operarmos no novo aeroporto de Istambul, local em que será o nosso novo hub, assim que a sua construção for finalizada. Vale ressaltar que esta iniciativa reforçará ainda mais a nossa frota em constante expansão para 2023, o 100º ano da República da Turquia, refletindo o nosso compromisso em elevar continuamente o nível de satisfação de nossos passageiros em relação aos nossos serviços, agregando valor em toda cadeia da aviação civil turca”.

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

code