Em entrevista exclusiva, Raquel Lima, da Expedia Brasil faz um panorama da empresa, incluindo resultados e investimentos

A Reportagem TRAVEL3 conversou com a gerente da Expedia, Raquel Lima, sobre a performance da empresa no Brasil e o que está por vir em matéria de tecnologia.

Raquel Lima Expedia

Raquel Lima, da Expedia Brasil (Fotos: Divulgação)

TRAVEL3 = Raquel, até para o mais leigo dos viajantes é impossível não enxergar a força dos sites de reserva online. Como você avalia a performance da empresa, no Brasil?

Raquel Lima = Nós tivemos um ano muito bacana. A Expedia vem crescendo a cada ano e o Brasil continua sendo foco dentro da empresa. É importante destacar os picos de crescimento bem interessantes que tivemos, também no último ano.

São Paulo e Rio de Janeiro continuam crescendo bastante e são nossos mercados highlights. A demanda de São Paulo, por exemplo, cresceu 40% enquanto a do Rio de Janeiro foi de 15%. Uma demanda altíssima foi a de Brasília, que cresceu 60%.

Observamos também que vem crescendo a compra via mobile. É uma tendência natural fazer tudo via celular, pois é difícil estar diante da tela do computador, ou do tablet, em todos os momentos. Por isso falamos aos nossos parceiros que é importante para uma estratégia comercial contemplar também o segmento mobile.

Essa democratização das ferramentas de reservas online inclui também o segmento B2B. Como é hoje a parceria da Expedia com as agências de viagem?

A Expedia tem algumas ferramentas específicas para criar uma parceria direta com o agente de viagens. Trata-se do nosso programa, chamado TAAP. Basta ao agente de viagens se cadastrar e fazer as compras de hotéis através deste portal. Após a venda o agente ganha também o seu comissionamento.

A presença da Expedia dentro do mercado brasileiro tem crescido muito, não só em vendas mas também em termos de incremento de propriedades dentro do nosso site. Acreditamos que oferecer uma gama muito grande de produtos, e produtos diferentes para cada perfil de consumidor, é um importante diferencial.

Raquel Lima Expedia

E não se pode falar em um sistema de reservas online sem pensar em tecnologia. Qual a visão da Expedia neste quesito?

O investimento em tecnologia da Expedia é outro diferencial. Investimos no último ano US$ 1,2 bilhão só em tecnologia, incluindo um trabalho forte em inteligência artificial. Como uma empresa de tecnologia a Expedia está sempre de olho no próximo passo.

Hoje, trabalhar em vários devices – mobile, celular, tela – e ter uma experiência diferente em cada um desses devices, já é pouco. Então já estamos pensando na próxima tendência tecnológica e como nós podemos ajudar nossos parceiros nesse processo. Então inteligência artificial é o nosso próximo caminho. Fazemos centenas de testes por mês para aperfeiçoar esta ferramenta.

Você tem algum exemplo prático para dar e mostrar o que seria este próximo caminho?

Uma parceria muito interessante é a que a Expedia criou com a Alexia, da Amazon. Estamos trabalhando em fazer vendas via Alexia, ou seja, uma ferramenta que interage por comando de voz. Precisamos estar sempre envolvidos na última tendência para mostrar aos nossos parceiros e apoiá-los a usar a tecnologia a favor dos seus negócios.

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

code