Hoje, meu convite a você, mulher, é: coloque o pé na estrada

A sugestão que faço, entretanto, não é uma viagem qualquer, mas sim uma viagem solo. Viaje sozinha, tendo você como única companhia.

Viajar com os amigos ou a família, com o namorado ou a namorada, o marido ou a mulher é muito bom. Poucas viagens, porém, são tão instigantes (e sensacionais) como uma viagem solo.

mulher Viagem solo sozinha

Pode até não parecer, mas vivendo no país que a gente vive, nós, brasileiras, adquirimos jogo de cintura, atenção e cuidado. Estes são itens imprescindíveis e suficientes para qualquer viajante viver uma inesquecível experiência sozinho, em qualquer parte do mundo.

mulher Viagem solo sozinha

É certo que você não terá ninguém ao seu lado para lembrar de pegar o passaporte no cofre do hotel; ou aquela mão amiga para te ajudar com a mala; muito menos ficar na fila do embarque enquanto o outro compra um lanche, e assim por diante.

Você estará por conta própria, é fato, mas olha como isso é maravilhoso. Ser dona do seu nariz, decidir o que fazer e quando fazer, isso se você quiser fazer algo, mas é claro que vai querer.

mulher Viagem solo sozinha

Algumas das melhores viagens que já fiz na vida foram solo. É quando conhecemos outras pessoas e até criamos laços verdadeiros de amizade com pessoas que nunca vimos na vida. É também quando nos sentamos diante de uma paisagem espetacular, respiramos fundo e contemplamos o mundo em silêncio, pelo tempo que quisermos.

Feliz Dia Internacional da Mulher, e pense no meu convite.

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

code