Atrações e roteiros essenciais que o viajante precisa conhecer ao visitar o país da América Central

Hello Brazil

O viajante que decide conhecer a Guatemala deve incorporar o espírito aventureiro. Explorar o território, mergulhar de corpo e alma na cultura do país são imperativos para entender os costumes e descobrir mais das tradições de cada região. Isso não impede a hospedagem em hotéis espetaculares, ou o prazer de experimentar a alta gastronomia do país.

A TRAVEL3 fez um roteiro de A à Z pelas + importantes + bonitas e + surpreendentes atrações guatemaltecas para você se orientar e criar um roteiro sob medida.

A

Antigua Guatemala

É a mais famosa cidade turística e histórica do país. Seu nome tem uma razão de ser. A cidade é a antiga capital da Guatemala. Ela está localizada a menos de 1 hora e meia da atual capital, a Cidade da Guatemala.

Antigua Guatemala

Os arcos e o vulcão ao fundo; uma das imagens cartão-postal de Antigua Guatemala (Fotos: Claudia Tonaco)

Foi fundada em 1543 para ser a capital do país e é uma das primeiras cidades da América a exibir um traçado urbano planejado. Assim como a cidade de Ouro Preto (MG), Antigua apresenta um estilo barroco único, classificado como Barroco Sísmico. Como a região de Antigua sofria com terremotos, os arquitetos da época encontraram soluções para evitar que as construções desmoronassem. Essas soluções arquitetônicas acabaram por alterar o estilo barroco tradicional, daí a classificação original do estilo resultante.

Guatemala

Fachada da Igreja de Nossa Senhora das Mercês, exemplo do estilo Barroco Sísmico, encontrado somente na Guatemala

Um bom exemplar do Barroco Sísmico é a fachada da Igreja de Nossa Senhora das Mercês. Ela apresenta torres muito mais largas do que as igrejas barrocas tradicionais. A função é oferecer uma base mais sólida para vencer os tremores de terra.

Guatemala

Passeio imperdível = embarque em uma linha de ônibus para curtir Antigua Guatemala ao lado dos cidadãos do país

Pois foi justamente uma combinação de vários desastres naturais, como enchentes, terremotos e erupções vulcânicas que acabou destruindo parte da cidade e fazendo os guatemaltecos mudarem a capital para uma outra região.

Num primeiro momento Antigua foi abandonada, mas com o passar dos anos nativos e estrangeiros buscaram-na novamente e, juntos, restauraram prédios e monumentos. Alguns deles foram simplesmente deixados como ruínas. Hoje são cicatrizes urbanas que se harmonizam com o projeto urbano e ajudam a contar a história local.

Guatemala

O Vulcão Água é o imponente cenário de fundo de Antigua Guatemala

Antigua está linda, charmosa, colorida e mais viva do que nunca. Se você ficar apenas 1 dia na Guatemala e tiver de escolher o que visitar, esta é a cidade que você deve conhecer. Além do cenário de época bem preservado, Antiga Guatemala tem ótimas opções de passeios, hotéis e restaurantes. E a melhor maneira de interagir com a cidade é fazendo passeios a pé.

B

Berço da Civilização Maia

A Guatemala guarda mais de 4.000 anos de história da civilização maia, incluindo as tradições que se mantiveram vivas ao longo dos séculos. Imperdível é visitar os patrimônios culturais tangíveis e intangíveis da humanidade.

Guatemala

Pirâmides, templos, cidades inteiras construídas há milhares de anos pela civilização maia são hoje importantes sítios arqueológicos mundiais

Ao lado de Machu Picchu, maravilhas como os sítios arqueológicos de Tikal e Yaxhá, são essenciais para o viajante ter uma visão mais profunda da história antiga guatemalteca e devem fazer parte do roteiro de viagem pelo país.

C

Cidade da Guatemala

É a capital do país. O Aeroporto Internacional La Aurora é o portão de entrada. A Copa Airlines é uma das companhias que oferece mais acessibilidade ao turista brasileiro que deseja visitar a Guatemala, pois a companhia está presente em 9 capitais do Brasil.

Guatemala

Palácio Nacional de la Cultura, no Centro Histórico da Cidade da Guatemala

Com cerca de 3 milhões e 300 mil habitantes, a Cidade da Guatemala é uma metrópole com bairros, comércio, hotéis e restaurantes elegantes, e também com regiões carentes, como toda grande cidade latino americana. Durante sua estadia faça um city tour, visite o Centro Histórico e conheça o Palacio Nacional de la Cultura.

Guatemala

A Catedral da Cidade da Guatemala é outra atração localizada no Centro Histórico da capital do país

Construído para ser a sede da Presidência da República, o belo prédio se transformou em um museu e é hoje um Monumento Nacional. Os cidadãos podem visitá-lo gratuitamente. Já os estrangeiros pagam 40 quetzales, como é chamada a moeda da Guatemala.

D

Departamento de Péten

O Departamento (é assim que os guatemaltecos chamam os seus estados) de Péten deve estar incluído em qualquer roteiro que busque mostrar o que há de mais bonito e mais importante no turismo local. Neste estado guatemalteco estão 2 dos mais impressionantes sítios arqueológicos do mundo = Parque Nacional Yaxhá + Parque Nacional de Tikal, este último, Patrimônio da Unesco.

Guatemala

A opção mais rápida para chegar ao Departamento de Péten é por via aérea

A maneira mais rápida e segura de chegar ao Departamento de Péten é embarcar na Cidade da Guatemala em um voo da TAG ou da Avianca e aterrissar na cidade de Flores.

E

Exótico

Por ter uma cultura tão variada, uma geografia bem particular – destacada pelos vulcões – e sítios arqueológicos impressionantes, as atrações da Guatemala fogem do lugar comum.

Guatemala

Viajantes exploram o belo cenário arqueológico guatemalteco

Por isso o país pode ser classificado como um destino exótico. Ele é mesmo diferente de tudo o que o brasileiro já vivenciou mundo afora.

F

Fronteiras

A Guatemala é um país da América Central que faz divisa com o México, ao Norte. Ao Sul está El Salvador e Honduras.

Ao Leste faz fronteira com Belize. O Golfo de Honduras banha sua Costa Leste e o Oceano Pacífico, parte da Costa Sul.

G

Gastronomia

A culinária guatemalteca é tão rica quanto a cultura do país. Tendo como ingredientes principais o feijão, o abacate, o milho, bananas e pimentas e pimentões, o modo de preparo dos pratos varia e é completamente diferente de uma região para outra.

Guatemala

A gastronomia local é requintada e muito saborosa

Muitos dos pratos típicos remetem a culinária mexicana.

H

Hotéis

Por toda a Guatemala há uma diversificada opção de hotéis. Das propriedades de luxo e hotéis boutique às conhecidas bandeiras internacionais o turista encontrará facilmente um que se adeque ao seu gosto e orçamento.

I

Informações

Para o viajante que gosta de sair de casa bem informado é importante saber detalhes como:

Clima = Conhecido como o país da eterna primavera, o turista que visita a Guatemala encontrará condições climáticas confortáveis em qualquer época do ano.

O que vestir e usar = Roupas leves e confortáveis para fazer muitas caminhadas + chapéu e casaco impermeável + casaco para enfrentar o friozinho das manhãs e noites + tênis ou botas para trekking + protetor solar + repelente de insetos.

J

Jaguar

É o nome de um dos mais belos templos de Tikal. Em formato de pirâmide, tem 47 metros de altura e foi erguido por volta do ano 740. Seu nome, Templo do Grande Jaguar se refere a escultura do animal, na porta principal do templo. O jaguar, na cultura maia, é um símbolo de força e poder.

Guatemala

Ruínas de Tikal

K

K’iche

É o nome de um dos povos descendentes dos maias. A grafia pode ser K’iche ou Quiché e eles são uma das 22 etnias diferentes ligadas aos maias, se concentrando na região de Chichicastenango.

Guatemala

O povo K’iche vive na região de Chichicastenango

L

Lago Atitlán

O Lago Atitlán é considerado um dos mais belos do mundo. De origem vulcânica, tem mais de 120 km². Está cercado por 3 vulcões = Tolimán + Atitlán + San Pedro, compondo uma paisagem lindíssima. Atitlán é tido como o lago mais profundo de toda a América Central.

Guatemala

Atitlán, cuja profundidade é estimada em 340 metros, é considerado um dos lagos + bonitos do mundo

Das suas margens, a partir da cidade de Panajachel, é possível observar vilarejos na margem oposta. Esses povoados = Santiago de Atitlán + San Pedro La Laguna + Santa Cruz La Laguna + San Juan La Laguna são berços vivos da cultura maia. A TRAVEL3 visitou San Juan La Laguna.

M

Mercado de Chichicastenango

Distante 3 horas de carro da Cidade da Guatemala, Chichicastenango significa, em dialeto local Cidade das Urtigas. O nome, porém, está associado ao mais famoso mercado da Guatemala e um dos mais lindos da América Latina.

Ao chegar à Chichicastenango, o viajante segue por ruas estreitas e cheias de gente. O caminho é pontilhado por lojinhas e tendas que vendem peças de maravilhoso artesanato. Nesse labirinto de muitas cores, ele segue até entrar em um pequeno estádio esportivo. É ali que, às quintas e aos domingos o ambiente se transforma em um mercado popular = o Mercado de Chichicastenango.

Antes de mergulhar no meio da multidão, suba para ver o cenário do alto. A acústica do lugar reverbera uma cacofonia de palavras em espanhol com dialeto do povo K’iche (ou Quiché), os nativos do lugar. Músicas e todo tipo de ruído que uma feira pode produzir, resultam numa espécie de barulho étnico.

Guatemala

As cores vibrantes do Mercado de Chichicastenango

Os tons vermelhos dos tomates, e os quase púrpura dos rabanetes combinam com as cores das roupas típicas usadas por todas as mulheres do lugar e contrastam com os verdes e o ocre, bem sujo, das paredes.

O visitante certamente vai se deparar com cenas emocionantes, que ganharão ainda mais força ao se juntar com as pessoas lá embaixo. A partir daí basta seguir o fluxo, ziguezagueando, por toda a extensão do mercado. Ao sair do estádio, atravessando tendas e + tendas, o turista se depara com uma das mais poderosas cenas de toda a viagem pela Guatemala = a Igreja de Santo Tomás.

Imaculada, de tão branca, ela parece flutuar sobre uma escadaria de pedras muito antigas, que a circunda, como um grande palco. Bem na entrada deste palco, nativos entoam orações e queimam incensos. Flores, verduras e grãos se espalham por toda a cena, jogados na escadaria até a parte mais alta do palco, a entrada da igreja. Contemplando o maravilhoso caos reinante estão viajantes, do mundo inteiro.

O turista será seguido por ambulantes que oferecerão uma diversidade de produtos, alguns dos quais certamente vale a pena levar para a casa.

Ao fundo está a igreja, personagem principal daquele teatro de humanidades, impávida, alheia e atenta a tudo ao seu redor. No interior do templo impera uma profunda escuridão profunda. É o momento de respirar fundo e apreciar o ambiente que remete a um templo pagão. Minialtares estão dispostos no chão, cheios de velas e oferendas. O sincretismo religioso é evidente e assim se mantém há 400 anos, desde que a igreja de Santo Tomás foi construída, sobre – acredite! – uma pirâmide, sagrada dos maias.

N

Natureza

A rica diversidade natural é um dos diferenciais turísticos do país. A Guatemala tem 7 biomas, 300 microclimas, cerca de 33 formações vulcânicas e mais de 300 áreas protegidas pelo governo.

Guatemala

O Parque Nacional Tikal = arqueologia + natureza em profusão

A maior delas, com 21.600 Km2 é a Reserva de Biosfera Maya. Durante a visita aos sítios arqueológicos, ou mesmo cortando de carro o país, é possível ver regiões de mata fechada e florestas luxuriantes.

O

Observar

Os pássaros, os costumes, a natureza, os animais, os sítios históricos, os trajes típicos e a rotina dos povoados maias certamente faz parte da atividade dos viajantes.

P

Panajachel

No Departamento de Sololá está a cidade de Panajachel. Ela é o portão de entrada para visitar a região do Lago Atitlán.

Panajachel está a pouco mais de 3 h de carro (ou 140 km) da Cidade da Guatemala e a cerca de 1 h e meia de Chichicastenango.

Por ter a melhor oferta hoteleira da região, é a cidade recomendada para o turista ficar e, a partir daí visitar o belíssimo entorno. Imperdível é fazer um passeio de tuk-tuk em Panajachel.

Q

Quetzal

É o nome da moeda do país, mas vale saber que em alguns locais o dólar norte-americano é aceito sem problemas. $1 US dólar vale aproximadamente $7 Quetzales.

A troca de moeda por ser feita em hotéis ou em caixas automáticos espalhados pelas cidades.

R

Riqueza Cultural

A principal atração da Guatemala está na sua imensa riqueza cultural. Basta ao turista sair do aeroporto para começar a apreciá-la.

Ela aparece no colorido dos trajes típicos e nos murais da Cidade da Guatemala e dos povoados às margens do Lago Atitlán. Esses murais retratam trechos importantes, da história, mas também lendas, que compõe a saga guatemalteca.

S

San Juan La Laguna

Visita obrigatória para quem quer descobrir as raízes culturais da região do Lago Atitlán. San Juan La Laguna é um povoado que se alcança através de um passeio de barco. O turista desembarca em um píer, em frente a uma rua com lojinhas de artesanato, um charmoso café, galerias de arte e ateliês.

Os trabalhos expostos são de altíssima qualidade e não por acaso muitos viajantes voltam para casa levando quadros, esculturas e peças de artesanato. O passeio por San Juan de la Laguna revela a rotina da bucólica vila, com ruas decoradas por belíssimos murais.

As mulheres do povoado usam elegantes vestimentas, o que dá um toque peculiar ao cenário. São roupas de tecido artesanal, que elas mesmo aprendem a tecer e tingir, já a partir dos 7 anos de idade.

Um passeio obrigatório é visitar a cooperativa das mulheres tecelãs de San Juan La Laguna.

Ali será possível compras peças lindas e também conhecer e entender como a atividade dessas mulheres, além de maravilhosa, é complexa e extenuante.

E para se despedir de San Juan, a sugestão é parar na charmosa cafeteria que ele viu ao chegar. Enquanto saboreia um café de qualidade, pode decantar as ideias conversando com os nativos e outros viajantes.

T

Tikal

Uma cidade construída há mais de 3.000 anos, com pedra calcária, planejamento e imaginação. Quem visita o impressionante sítio histórico, em grande parte coberto por florestas centenárias, fica surpreso ao saber que naquele local já existiu uma cidade com aproximadamente 200.000 habitantes. Os milhares de edifícios, incluindo templos e pirâmides estão sob a terra, ou escondidos por árvores e vegetação fechada. Ainda assim, os vestígios visíveis conseguem mostrar o que foi esta magnífica metrópole.

Patrimônio Mundial da Unesco, ainda hoje existe em Tikal um altar onde os descendentes dos maias fazem oferendas e orações para os seus ancestrais. Inesquecível é chegar antes do sol nascer, caminhar pelo parque sob a luz de lanternas, subir no topo de uma das pirâmides e ver o sol inundar de luz este sítio mágico.

U

Unanimidade

Uma unanimidade entre os pesquisadores é afirmar que a Guatemala é o verdadeiro coração do mundo maia. Foi nesta região que floresceu a cultura, há milhares de anos.

A civilização prosperou no lado norte do país. Prova disso é a quantidade de sítios arqueológicos que se concentram nesta área. Também na Guatemala é possível observar a evolução da cultura maia e suas diversas etapas. É possível traçar uma linha do tempo mostrando o nascimento, o apogeu e o declínio dessa civilização.

V

Vulcões

São 33 vulcões sendo 3 ativos. A topografia clássica de um país vulcânico resulta em atividades ligadas aos esportes de aventura.

Guatemala

Vulcões fazem parte do cenário em todas as regiões da Guatemala

X

X da questão

Seja na alta ou na baixa temporada, o que importa mesmo é traçar um roteiro amplo. A partir daí, prepare-se para fazer muitas descobertas, pela Guatemala.

Y

Yaxhá

Atravessar trechos de florestas, caminhar sobre elevações sem perceber que estava em cima de pirâmides. As ruínas estão cobertas por árvores, plantas e musgos. É um impressionante trabalho que a natureza levou milhares de anos para atingir.

Guatemala

Parque Nacional Yaxha

Esta é uma das experiências inesquecíveis que o viajante terá no Parque Arqueológico de Yaxhá. Quem visita o Parque à tarde deve ficar até o por do sol. No fim de tarde o visitante se acomoda, no alto de uma das pirâmides, para assistir ao espetáculo.

Z

Zero

É a chance de você não sonhar em visitar a Guatemala depois de ler esta reportagem. 😉

Pacotes para Guatemala – Onde Comprar

Agaxtur

Blanc Tour

Cativa Operadora

Freeway

Portfolio

FVO

Latitudes

N viagens

Venturas

Viaja comigo / Planeta Viagem

Ylha Bela

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

code