Panorama atual + projeções futuras + desenvolvimento sustentável do setor aeroportuário no Brasil serão temas da 7ª edição da Airport Infra Expo, que acontece em Brasília, em abril

O segmento da aviação civil e afins se reúnem em Brasília, no dia 26 de abril. Esta é a data da 7ª edição da Airport Infra Expo. O local será o Centro de Eventos Brasil 21. O evento promete um amplo debate sobre segmento do setor aeroportuário, seus parceiros e afins.

O evento é o maior do país dedicado a discutir a infraestrutura aeroportuária no Brasil. Seu objetivo é incrementar o desenvolvimento deste segmento, responsável por gerar + 4,9 milhões de empregos.

Hoje o setor aeroportuário responde por US$ 153 milhões do PIB – Produto Interno Bruto na América Latina.

Debates sobre o cenário atual e as perspectivas a curto, médio e longo prazo estão na pauta.

aviação civil avião

Um dos temas é o Desenvolvimento Sustentável do Setor Aeroportuário Brasileiro – Panorama Atual e Futuro. Haverá rodadas de negócios, palestras e exposições.

“Com a abertura das concessões para o setor privado, o segmento aeroportuário nacional passou por um momento de destaque. Ele agrega a expertise da gestão pública à dinâmica do setor privado. A Airport Infra Expo tem papel fundamental e apresenta a sua expansão desde o início das concessões em 2012”.

Paula Faria – Diretora Executiva da Sator, empresa organizadora da Airport Infra Expo

Perspectivas para 2018

De acordo com o Secretário Nacional de Aviação Civil (SAC), Dario Rais Lopes, a expectativa é que a aviação civil retome um ritmo de crescimento acentuado, diferente dos dois últimos anos em que a demanda ficou relativamente estagnada, visto que, em 2017, a demanda por viagens domésticas cresceu 3,51 %, enquanto que a procura por passagens internacionais aumentou 12,05 %, ambos na comparação com 2016. “Na medida em que as expectativas econômicas estão sendo mais otimistas, o ritmo de crescimento da aviação tende a evoluir. Mas, essa retomada gradual de crescimento exige um tempo para estabilização. Por isso, nossas projeções de demanda indicam que a movimentação nos aeroportos brasileiros em 2018 fique em torno de 203,7 milhões de passageiros e, a partir de 2019, atinja taxas de crescimento mais expressivas acima de 4% ao ano”.

Sobre o evento, o Secretário declara: “Eventos como o Airport Infra Expo são extremamente importantes, pois permitem estreitar a interlocução com os diversos segmentos que compõem a aviação civil, onde podemos ouvir as demandas e críticas do setor. A interlocução é fundamental para corrigirmos e ajustarmos as ações voltadas para a melhoria da aviação civil no Brasil”, cita Lopes.

Para o Diretor-geral do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA), Tenente-Brigadeiro do Ar Jeferson Domingues de Freitas, o fornecimento dos serviços de navegação aérea pelo DECEA está diretamente relacionado às operações aeroportuárias e que, portanto, iniciativas como a Airport Infra Expo são vistas como prioridade não só dos administradores de aeroportos, mas também do DECEA em nome do Sistema de Controle do Espaço Aéreo Brasileiro. “No transporte aéreo, sobretudo nos dias de hoje, não há mais espaço para ações isoladas e decisões unilaterais. Há uma necessidade recorrente do estreitamento nos relacionamentos interórgãos por meio de estratégias e ações colaborativas. Ressalto, ainda, que o contínuo crescimento dos aeroportos e, consequentemente, da aviação é sempre visto com bons olhos”, conclui.

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

code